Featured
Recomendações práticas para quem possui um negócio local e precisa lidar com a crise e a instabilidade nas vendas por conta do Coronavírus

Coronavírus: como lidar com a queda nas vendas?

O período de crise e instabilidade que temos vivido no Brasil por conta do Coronavírus (Covid-19) já começou a impactar os pequenos e médios negócios. Segundo declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS), a proliferação foi elevada para pandemia e trará dores de cabeça para quem investe no mercado financeiro ou possui empresas locais. O cenário exige que os pequenos e médios empresários estejam preparados para administrar seus negócios em meio ao caos gerado pelo aumento dos casos da doença. É preciso muito esforço para tentarmos reduzir os prejuízos que podem ser gerados nesse momento de crise – tanto para a saúde da população, quanto para a economia local.

Recomendações práticas para quem possui um negócio local:

– Fique atento às recomendações do seu município. Prefeituras estão monitorando os casos e publicando portarias em suas páginas online todos os dias a respeito da proliferação do Coronavírus nas cidades e estados;

– Tenha álcool gel 70% disponível no seu empreendimento, tanto para colaboradores, quanto para clientes que forem até você. Isso ajuda a evitar que o Coronavírus se prolifere ainda mais. É muito importante acompanhar recomendações de profissionais da saúde também!

– Pense além do Coronavírus: estude sobre o mercado em outros momentos de crise e instabilidade, como pandemias, enchentes e outros fenômenos passados e você verá que já existem muitos conteúdos que orientam sobre o assunto;

Não seja oportunista, faça Marketing de Oportunidade. Não cite o nome da doença ou do vírus em campanhas, mas incentive vendas online, faça uma promoção com desconto para o mês atual, dê algum brinde que faça sentido para o momento em que estamos (…). O álcool gel 70% é uma boa pedida, todos precisam usar, só não vá exagerar na compra, a produção nacional está comprometida e todos precisam ter acesso ao produto;

– Seja ético! Não é o momento de aumentar preços e dificultar a vida do público. Você pode acabar com uma baita dor de cabeça gerenciando uma crise nas redes sociais;

– Pense em como você pode prestar o seu serviço ou entregar os seus produtos sem que o cliente precise ir até você. Estude sobre Omnichannel e pense em como integrar seus canais de venda online com distribuidores, parceiros logísticos, revendedores e até mesmo com as entregas feitas no seu ponto físico da forma mais rápida possível, se for o caso;

Atenda seus clientes da melhor forma possível!

Prepare-se para possíveis perguntas: uma prática que ajuda muito na produtividade de atendimento da equipe comercial é ter respostas prontas para as perguntas mais frequentes. Faça um arquivo e vá adicionando tudo nele, assim, quando um cliente fizer contato, seja pelo telefone, WhatsApp, Instagram, chat ou Messenger, você provavelmente já terá a resposta formulada e não precisará “gastar” tempo elaborando um novo texto. Essa técnica ajuda muito a dar vazão ao atendimento, tornando-o mais rápido, e nem por isso, superficial;

Aumente as interações via WhatsApp, Instagram e Messenger! Deixe esses canais o mais humanizados possíveis! Tendências de Marketing Digital já afirmam que responder clientes com vídeo é uma das grandes sacadas para 2020. Que tal testar hoje?

Atenda seus clientes de forma ágil! O atendimento sempre fez parte da base de qualquer negócio. Não ter um bom atendimento, é começar errado. Por isso, sem esquecer dos outros pilares da empresa, dê atenção para seu cliente, solucione suas dúvidas, amenize suas aflições e conquiste excelentes resultados. Todos desejam resolver seus assuntos de forma rápida, principalmente na internet. As pessoas optam pelas mídias sociais por entenderem que será mais rápido resolver o problema em comparação a outros canais de atendimento;

– Se você tiver uma demanda muito grande de solicitações de atendimento, pode contar com softwares específicos para monitoramento de mídias sociais, como a HiPlatform. São ferramentas interessantes para aumentar a produtividade da sua equipe, fazer a gestão dos chamados, integrar dados com o seu CRM e obter relatórios. Uma grande vantagem dessas soluções é poder centralizar tudo em um lugar só, sem precisar efetuar login em cada mídia social separadamente;

Escreva bons conteúdos no seu blog, Facebook, Instagram, LinkedIn. Esse é o momento que separa os amadores dos profissionais! Seja relevante nos materiais que criar. Eduque seus clientes, fale sobre como agir nesse momento e diga o que você está fazendo para que eles continuem sendo bem atendidos pelos seus serviços e comprando produtos;

– Vá atrás de fontes jornalísticas confiáveis! Não fique nos achismos, vá atrás de veículos de comunicação que possuem credibilidade. Assim, você evita tomar decisões radicais para o seu negócio baseadas em fake news, principalmente aquelas transmitidas em grupos de WhatsApp.

– Aproveite o momento para fazer cursos online! O momento de quarentena não é para ir à praia ou ao cinema, é para ficar em casa mesmo. Dica: minha amiga Camila Renaux, Consultora de Marketing Digital e E-commerce, acabou de lançar um curso de Instagram para Marcas. Se joga!

– Acompanhe portais online e perfis de jornais e órgãos públicos nas redes sociais. A cada hora chegam novas notícias sobre o Coronavírus e estar informado mostrará que você é diligente na administração do seu negócio. Você também pode utilizar o Google Notícias e identificar quais veículos jornalísticos são recomendados pela ANJ – Associação Nacional de Jornais;

– Seja empático com os seus clientes, colaboradores e amigos que estiverem nos grupos de risco, mostre seu apoio! Olha que legal esse caso de vizinhos que estão ajudando idosos a não ficarem expostos ao vírus nesse momento difícil!

Tem mais alguma sugestão?

Deixe sua recomendações adicional aqui embaixo e vamos todos nos envolver em prol da contenção da doença e movimentação da economia no nosso país!

Post escrito com 💙 em Blumenau, Santa Catarina.

Featured
como-usar-o-google-meu-negocio-para-vender-mais-com-marketing-digital-bruno-bertoli-envolve-digital

Como usar o Google Meu Negócio para vender mais?

Este conteúdo é voltado para pessoas com pouco ou nenhum conhecimento em marketing digital. Se esse é o seu caso, boa leitura!

Você curte aproveitar vantagens gratuitas?

Eu sim! Por isso, hoje vou compartilhar uma ótima ferramenta com você e que muitas pessoas ainda não conhecem e outras até já ouviram falar, mas não exploram tudo o que ela oferece.

Acredito que provavelmente você já ouviu falar que é possível destacar um negócio no Google investindo em anúncios pagos, né? Hoje você vai aprender como cadastrar sua empresa no gigantes das buscas sem custo algum e ainda explorar vários recursos para divulgar seu negócio e interagir com possíveis clientes e também com quem já visitou a sua empresa e comprou algo de você. Tudo isso acontece através do Google Meu Negócio, uma plataforma criada especialmente para as pequenas empresas. 

Quer aprender a como começar? Siga os passos:

  1. Acesse este link: http://bit.ly/ConhecerGoogleMeuNegocio
  2. Clique em “gerenciar agora” e faça seu cadastro da forma mais completa e correta possível;
  3. Faça a confirmação da sua ficha (é assim que o Google chama o cadastro de uma empresa na plataforma).
Ilustração do Google Meu Negócio
Ilustração de como fica seu cadastro na busca pela sua empresa. Você também poderá aparecer no Google Maps quando buscarem pelo seu segmento!

Na minha experiência e acompanhando alguns clientes que ainda não tinham esse cadastro, a confirmação sempre foi através de um documento impresso com um código que chega, em média, duas semanas depois no endereço cadastrado através dos Correios. É só abrir a correspondência que lá vai ter as orientações de onde você precisa digitar o código para ativar sua conta na plataforma. 🙂 

Tudo isso é realmente muito simples e as boas notícias eu ainda nem contei.

Após a ativação, você vai:

  • Estar no Google Maps;
  • Poder aparecer nas buscas pela sua empresa na rede de pesquisa do Google. Busque pelo meu negócio, Envolve Digital, e você verá como os dados dela aparecem no canto direito da tela. Ou clique aqui: https://g.page/EnvolveDigital;
  • Poder receber e responder avaliações de clientes. Esse recurso é ótimo para dar credibilidade ao seu negócio e o Google percebe, pelo GPS do celular, quando vamos a algum lugar e incentiva que façamos essas avaliações, falando bem (de preferência!) ou não muito bem das empresas que tivemos contato;
  • Ter acesso a uma área de produção de conteúdo para postar fotos, vídeos e textos, que ficarão visíveis quando alguém encontrar sua empresa no Google;
  • Poder incluir um Tour 360º do interior do seu negócio. Existem empresas especializadas nesse serviço que podem fazer esse arquivo para você, como a 360 Mídias Interativas, que fez vários trabalhos legais como o Tour 360º dos ambientes internos do Colégio Cotemig. Veja aqui como ficou: http://bit.ly/ExemploTour360noGoogle;
  • Cadastrar descrições dos seus produtos e serviços;
  • Receber um relatório mensal com vários dados insights incríveis! Alguns deles: quantidade de vezes que sua empresa foi vista, quantas ligações recebeu a partir do Google e quantas vezes os clientes clicaram no botão “como chegar”.

Sim! Tudo isso sem custo nenhum.

Só que é claro que o Google não é bobo. Esses cadastros ajudam a alimentar a plataforma com informações relevantes para os consumidores que buscam por soluções no buscador. Quanto melhores as informações, mais a plataforma é utilizada pelas pessoas que buscam produtos e serviços e também vista como espaço para os anunciantes.

Inclusive, depois do cadastro no Google Meu Negócio, é provável que você receba um cupom para anunciar no Google Ads, mas se você não quiser, não será obrigado. Apesar de que: eu recomendo! Recentemente, um cliente meu recebeu uma oferta para anunciar R$ 300 pagando apenas R$ 150. Fazendo uma boa campanha, dá pra atrair um bom tráfego para o seu site com esse valor!

Tem muito mais!

Acima eu listei apenas algumas das funcionalidades do Google Meu Negócio, mas existem outros detalhes que só utilizando ou indo mais fundo para você conhecer. Não quero me estender muito aqui, afinal, a ideia é convidar você para usar, se aventurar e tirar suas próprias conclusões! 

Faça testes e melhore a imagem digital da sua empresa!

Talvez você já sabia que podia cadastrar sua empresa gratuitamente no Google, mas não tinha conhecimento de todas essas possibilidades, ou simplesmente não está explorando todos os recursos, que são vários, né? Que tal testar? Mesmo que você não consiga grandes resultados em vendas de imediato, é pouco tempo de esforço para deixar a imagem da sua empresa no maior buscador do mundo bem completa!

Para quem eu recomendo o Google Meu Negócio?

De forma geral, qualquer empresa pode utilizar esses recursos, mas a minha recomendação é que, principalmente os negócios locais, explorem ao máximo o Google Meu Negócio! O que são negócios locais? Bom, esse é um assunto para um próximo conteúdo. Fique ligado por aqui nos meus textos!

Um abraço e até a próxima!

Featured
Participe de Workshops de Marketing Digital e seja Mentoreado em Joinville, Santa Catarina.

Marketing para Negócios Locais em Joinville – Workshop Presencial

Aprenda Estratégias para Potencializar o seu Negócio Local

Sobre este evento

Participe do nosso Workshop de Marketing para Negócios Locais em Joinville!

Conteúdo do curso:

Primeiros passos:

Como criar um plano de marketing digital específico para o seu negócio local. Conceitos importantes para quem quer planejar melhor sua atuação no mercado.

Marketing para Negócios Locais em Joinville

Conceito de Marketing, importância para os Negócios Locais, cultura local e regional, contextualização, desafios e realidade local do mercado de Joinville e região; particularidades do Marketing para Negócios Locais x Startups, Indústrias e outros Modelos de Negócios Nacionais.

Plataforma Google Meu Negócio

Importância e passo a passo para configurar e explorar todos os recursos disponibilizados de forma gratuita pelo Google. Insights para identificar o que fazer no seu perfil e gerar relacionamento e vendas.

Introdução à Gestão de Mídia

Entenda como criar um Plano de Mídia para o seu negócio: saiba pode onde começar e o que planejar antes de colocar a mão na massa.

Plataformas de Mídia Paga

Entenda como funcionando as plataformas de Mídia Paga e quais as opções disponíveis para comprar espaços publicitários e segmentar públicos específicos no Facebook, Instagram, Google e LinkedIn.

Métricas e Resultados

Como medir e otimizar o retorno dos anúncios de mídia paga e conteúdos orgânicos compartilhados na internet.

Itens inclusos

  • 2h de Conteúdo + 1h para Coffee Break e Networking
  • Certificado Digital;
  • Networking com Empreendedores de Joinville e Região;

Vantagens do Workshop

  • Custo justo e possibilidade de parcelamento da inscrição;
  • Momentos específicos para tirar dúvidas;
  • Convênio com o Estacionamento da Rua Dr. João Colin, 1317;
  • Material do workshop disponibilizado digitalmente;
  • Mentoria presencial sem custo adicional de até 30 minutos mediante agendamento prévio a partir de janeiro de 2020 no XYZ Coworking.

Um workshop realizado por Bruno Bertoli | Envolve Digital

Sobre a Envolve Digital

A Envolve é uma empresa de atuação individual focada em estratégias de marketing e comunicação, com forte expertise no mercado digital. Destravar Negócios Locais com Marketing Digital estratégico e focado em performance em Santa Catarina.

O propósito? É humano. A ideia é potencializar os negócios de nossos clientes e parceiros para desenvolver pessoas e gerar crescimento econômico de forma sustentável por aqui. Como? Através de três serviços: Planos de Marketing Digital, Gestão de Mídia Paga e Cursos & Workshops.

Por trás da Envolve estou eu, Bruno Bertoli: um publicitário cheio de sonhos, com quase 27 anos e aproximadamente 10 anos de experiência nas áreas de marketing e comunicação. Vamos envolver?

Mais informações:

contato@envolvedigital.com.br | Meu WhatsApp | @EnvolveDigital

Mídia Paga para o Setor da Construção Civil | Conteúdo Completo no Blog da Halo Notoriedade

Mídia Paga para o Setor da Construção Civil

Vivemos na era do conteúdo. Marcas publicam materiais diariamente em seus canais digitais e esse esforço já deixou de ser uma forma de inovação na comunicação integrada de marketing há muito tempo.

É claro que a qualidade e a relevância desses conteúdos para os seus públicos potenciais é um dos principais fatores que dita o resultado que os seus produtores terão com seus esforços, mas, que recurso utilizar quando é necessário se destacar de uma maneira mais intensificada? Muitas vezes é aí que as empresas, em geral, começam a investir em mídia paga, porque já enxergaram o potencial do marketing de conteúdo no contexto orgânico, ou seja, que não teve um investimento diretamente pago em sua distribuição.

Quer saber mais sobre mídia paga para empresas de Construção Civil? Confira o artigo completo no blog da Halo Notoriedade, uma empresa especializada no setor da Construção Civil e sua cadeia produtiva, que é bem ampla e está dividida em três: a jusante (antes), a principal (durante) e a montante (pós obra). Boa leitura!

A questão-chave é que a utilização de anúncios patrocinados não serve apenas para impactar mais usuários, mas também dá às empresas a possibilidade de utilizar ferramentas mais avançadas em termos de potencial de segmentação, atingindo públicos mais específicos. É possível destacar serviços e produtos para audiências personalizadas em termos de região, interesses, palavras-chave, faixa etária, grau de escolaridade e vários outros. São formas de segmentação de público que variam em cada plataforma, e cabe a cada empresa identificar em qual delas faz mais sentido investir seu tempo e recursos. Além disso, é importante entender as formas de relacionamento após atrair novas pessoas para terem contato com a marca.

É muito importante ressaltar que são várias as formas de investimento em mídia paga que temos à disposição no mercado, e não apenas uma ou duas, como é comum ouvirmos. A realidade é que podemos veicular anúncios pagos em plataformas muito simples, como o Facebook Ads, que também contempla o Instagram; o Google Ads, mais conhecido como Google AdWords; que integra: Rede de Pesquisa, Rede de Display, YouTube e Google Shopping; e o próprio LinkedIn Ads, mais utilizado para empresas que operam no modelo B2B.

Curtiu o assunto? Confira o artigo completo no blog da Halo Notoriedade, uma empresa especializada no setor da Construção Civil e sua cadeia produtiva, que é bem ampla e está dividida em três: a jusante (antes), a principal (durante) e a montante (pós obra). Boa leitura!