Recomendações práticas para quem possui um negócio local e precisa lidar com a crise e a instabilidade nas vendas por conta do Coronavírus

Coronavírus: como lidar com a queda nas vendas?

O período de crise e instabilidade que temos vivido no Brasil por conta do Coronavírus (Covid-19) já começou a impactar os pequenos e médios negócios. Segundo declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS), a proliferação foi elevada para pandemia e trará dores de cabeça para quem investe no mercado financeiro ou possui empresas locais. O cenário exige que os pequenos e médios empresários estejam preparados para administrar seus negócios em meio ao caos gerado pelo aumento dos casos da doença. É preciso muito esforço para tentarmos reduzir os prejuízos que podem ser gerados nesse momento de crise – tanto para a saúde da população, quanto para a economia local.

Recomendações práticas para quem possui um negócio local:

– Fique atento às recomendações do seu município. Prefeituras estão monitorando os casos e publicando portarias em suas páginas online todos os dias a respeito da proliferação do Coronavírus nas cidades e estados;

– Tenha álcool gel 70% disponível no seu empreendimento, tanto para colaboradores, quanto para clientes que forem até você. Isso ajuda a evitar que o Coronavírus se prolifere ainda mais. É muito importante acompanhar recomendações de profissionais da saúde também!

– Pense além do Coronavírus: estude sobre o mercado em outros momentos de crise e instabilidade, como pandemias, enchentes e outros fenômenos passados e você verá que já existem muitos conteúdos que orientam sobre o assunto;

Não seja oportunista, faça Marketing de Oportunidade. Não cite o nome da doença ou do vírus em campanhas, mas incentive vendas online, faça uma promoção com desconto para o mês atual, dê algum brinde que faça sentido para o momento em que estamos (…). O álcool gel 70% é uma boa pedida, todos precisam usar, só não vá exagerar na compra, a produção nacional está comprometida e todos precisam ter acesso ao produto;

– Seja ético! Não é o momento de aumentar preços e dificultar a vida do público. Você pode acabar com uma baita dor de cabeça gerenciando uma crise nas redes sociais;

– Pense em como você pode prestar o seu serviço ou entregar os seus produtos sem que o cliente precise ir até você. Estude sobre Omnichannel e pense em como integrar seus canais de venda online com distribuidores, parceiros logísticos, revendedores e até mesmo com as entregas feitas no seu ponto físico da forma mais rápida possível, se for o caso;

Atenda seus clientes da melhor forma possível!

Prepare-se para possíveis perguntas: uma prática que ajuda muito na produtividade de atendimento da equipe comercial é ter respostas prontas para as perguntas mais frequentes. Faça um arquivo e vá adicionando tudo nele, assim, quando um cliente fizer contato, seja pelo telefone, WhatsApp, Instagram, chat ou Messenger, você provavelmente já terá a resposta formulada e não precisará “gastar” tempo elaborando um novo texto. Essa técnica ajuda muito a dar vazão ao atendimento, tornando-o mais rápido, e nem por isso, superficial;

Aumente as interações via WhatsApp, Instagram e Messenger! Deixe esses canais o mais humanizados possíveis! Tendências de Marketing Digital já afirmam que responder clientes com vídeo é uma das grandes sacadas para 2020. Que tal testar hoje?

Atenda seus clientes de forma ágil! O atendimento sempre fez parte da base de qualquer negócio. Não ter um bom atendimento, é começar errado. Por isso, sem esquecer dos outros pilares da empresa, dê atenção para seu cliente, solucione suas dúvidas, amenize suas aflições e conquiste excelentes resultados. Todos desejam resolver seus assuntos de forma rápida, principalmente na internet. As pessoas optam pelas mídias sociais por entenderem que será mais rápido resolver o problema em comparação a outros canais de atendimento;

– Se você tiver uma demanda muito grande de solicitações de atendimento, pode contar com softwares específicos para monitoramento de mídias sociais, como a HiPlatform. São ferramentas interessantes para aumentar a produtividade da sua equipe, fazer a gestão dos chamados, integrar dados com o seu CRM e obter relatórios. Uma grande vantagem dessas soluções é poder centralizar tudo em um lugar só, sem precisar efetuar login em cada mídia social separadamente;

Escreva bons conteúdos no seu blog, Facebook, Instagram, LinkedIn. Esse é o momento que separa os amadores dos profissionais! Seja relevante nos materiais que criar. Eduque seus clientes, fale sobre como agir nesse momento e diga o que você está fazendo para que eles continuem sendo bem atendidos pelos seus serviços e comprando produtos;

– Vá atrás de fontes jornalísticas confiáveis! Não fique nos achismos, vá atrás de veículos de comunicação que possuem credibilidade. Assim, você evita tomar decisões radicais para o seu negócio baseadas em fake news, principalmente aquelas transmitidas em grupos de WhatsApp.

– Aproveite o momento para fazer cursos online! O momento de quarentena não é para ir à praia ou ao cinema, é para ficar em casa mesmo. Dica: minha amiga Camila Renaux, Consultora de Marketing Digital e E-commerce, acabou de lançar um curso de Instagram para Marcas. Se joga!

– Acompanhe portais online e perfis de jornais e órgãos públicos nas redes sociais. A cada hora chegam novas notícias sobre o Coronavírus e estar informado mostrará que você é diligente na administração do seu negócio. Você também pode utilizar o Google Notícias e identificar quais veículos jornalísticos são recomendados pela ANJ – Associação Nacional de Jornais;

– Seja empático com os seus clientes, colaboradores e amigos que estiverem nos grupos de risco, mostre seu apoio! Olha que legal esse caso de vizinhos que estão ajudando idosos a não ficarem expostos ao vírus nesse momento difícil!

Tem mais alguma sugestão?

Deixe sua recomendações adicional aqui embaixo e vamos todos nos envolver em prol da contenção da doença e movimentação da economia no nosso país!

Post escrito com 💙 em Blumenau, Santa Catarina.