Mídia Paga para o Setor da Construção Civil | Conteúdo Completo no Blog da Halo Notoriedade

Mídia Paga para o Setor da Construção Civil

Vivemos na era do conteúdo. Marcas publicam materiais diariamente em seus canais digitais e esse esforço já deixou de ser uma forma de inovação na comunicação integrada de marketing há muito tempo.

É claro que a qualidade e a relevância desses conteúdos para os seus públicos potenciais é um dos principais fatores que dita o resultado que os seus produtores terão com seus esforços, mas, que recurso utilizar quando é necessário se destacar de uma maneira mais intensificada? Muitas vezes é aí que as empresas, em geral, começam a investir em mídia paga, porque já enxergaram o potencial do marketing de conteúdo no contexto orgânico, ou seja, que não teve um investimento diretamente pago em sua distribuição.

Quer saber mais sobre mídia paga para empresas de Construção Civil? Confira o artigo completo no blog da Halo Notoriedade, uma empresa especializada no setor da Construção Civil e sua cadeia produtiva, que é bem ampla e está dividida em três: a jusante (antes), a principal (durante) e a montante (pós obra). Boa leitura!

A questão-chave é que a utilização de anúncios patrocinados não serve apenas para impactar mais usuários, mas também dá às empresas a possibilidade de utilizar ferramentas mais avançadas em termos de potencial de segmentação, atingindo públicos mais específicos. É possível destacar serviços e produtos para audiências personalizadas em termos de região, interesses, palavras-chave, faixa etária, grau de escolaridade e vários outros. São formas de segmentação de público que variam em cada plataforma, e cabe a cada empresa identificar em qual delas faz mais sentido investir seu tempo e recursos. Além disso, é importante entender as formas de relacionamento após atrair novas pessoas para terem contato com a marca.

É muito importante ressaltar que são várias as formas de investimento em mídia paga que temos à disposição no mercado, e não apenas uma ou duas, como é comum ouvirmos. A realidade é que podemos veicular anúncios pagos em plataformas muito simples, como o Facebook Ads, que também contempla o Instagram; o Google Ads, mais conhecido como Google AdWords; que integra: Rede de Pesquisa, Rede de Display, YouTube e Google Shopping; e o próprio LinkedIn Ads, mais utilizado para empresas que operam no modelo B2B.

Curtiu o assunto? Confira o artigo completo no blog da Halo Notoriedade, uma empresa especializada no setor da Construção Civil e sua cadeia produtiva, que é bem ampla e está dividida em três: a jusante (antes), a principal (durante) e a montante (pós obra). Boa leitura!